Cidade de Itaporanga – SP / Brasil

Itaporanga – São Paulo – Brasil

Mosteiro Cistercience / Paróquia de São João Batista
Itaporanga – SP – Brasil

José da Silva Machado, o Barão de Antonina, obteve em 1843, por intermédio do Imperador D. Pedro II, a vinda de frades Capuchinhos da Itália.
Para catequização dos índios e colonização de suas sesmaria, entre elas a do Rio Negro, no Paraná e a do Rio Verde, ao sul de São Paulo.
A colonização da região do Rio Verde foi entregue ao Frei Pacífico de Monte Falco que, em 1845, fundou uma pequena povoação então denominada São João Batista do Rio Verde, onde foi construída uma capela dedicada ao Santo de igual nome.
Novos povoadores vieram residir nesse núcleo, promovendo um rápido desenvolvimento e assim, em 1855, foi criada a freguesia e, em 1871, o Município, alterando, neste ato, a denominação para Itaporanga.
O topônimo, de origem indígena, significa ” pedra bela,” e foi escolhido devido à existência de muitas pedras ao longo do Rio Verde, que banha o Município.


Formação Administrativa
Criada com a denominação de São João Batista, por lei provincial no 1, de 05-03-1855, subordinado ao município de Faxina. Elevado a categoria de vila com a denominação de São João Bastita do Rio Verde, por lei provincial no 7, de 06-03-1871, desmembrado de Faxina. Constituído do distrito sede. Instalado em 22-01-1873.
Pela lei estadual n 288 de 07-07-1894, é criado distrito de Ribeirão Vermelho e anexado a vila de São João Batista do Rio Verde. Elevado à categoria cidade, pela municipal nº 15, de 11-06-1898. Pela lei estadual nº 620, de 21-06-1899, o município de São João Batista do Rio Verde passou a denominar-se Itaporanga. Pela lei nº 1239, de 23-12-1910, é criado o distrito de Coronel Macedo e anexado ao município de Itaporanga. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município de Itaporanga é constituído de 4 distritos: Itaporanga, Ribeirão Vermelho, Taquari e Coronel Macedo. Pela lei estadual no 1984, de 12-11-1924, desmembra do município de Itaporanga o distrito de Ribeirão Vermelho. Elevado à categoria de município. Pela lei estadual no 2097, de 24-12-1925, desmembra do município de Itaporanga o distrito de Taquari. Elevado á categoria de município. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de2 distritos: Itaporanga e Coronel Macedo. Pelo Decreto-lei estadual no 6448, de 21-05-1934, o município de Ribeirão Vermelho é extinto, sendo seu território anexado ao município de Itaporanga. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído de 3 distritos: Itaporanga, Coronel Macedo e Ribeirão Vermelho. No quadro fixado para vigorar no período de 939-1943, o município é constituído de 3 distritos: Itaporanga, Coronel Macedo e Ribeirão Vermelho. Pelo decreto-lei estadual nº 14334, de 30-11-1944, é criado o distrito de Barão de Antonina e anexado ao município de Itaporanga. Sob o mesmo decreto o distrito de Ribeirão Vermelho passou a denominar-se Ribeirão Vermelho do Sul. No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 4 distritos: Itaporanga, Barão de Antonina, Coronel Macedo e Ribeirão Vermelho do Sul ex-Ribeirão Vermelho. Pela lei estadual no 2456, de 30-12-1953, desmembra do município de Itaporanga o distrito de Ribeirão Vermelho do Sul. Elevado á categoria de município. Em divisão territorial datada de I-VII-1955, o município é constituído 3 distritos: Itaporanga, Barão de Antonina e Coronel Macedo. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VI-1960. Pela lei estadual no 8092, de 28-02-1964, desmembra do município de Itaporanga os distritos de Coronel Macedo e Barão de Antonina. Elevados à categoria de município. Em divisão territorial datada de 18-VIII-1988, o município de é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 14-V-2001.
Alteração toponímica municipal
São João Batista do Rio Verde para Itaporanga teve sua denominação alterado, por força da lei estadual nº 620, de 21-06-1898.
Gentílico: itaporanguense
Fonte: Biblioteca IBGE
Por do Sol na Cidade de Itaporanga – SP – Brasil / foto por: Caroline Pereira
Um lugar com belas paisagens,  sol sempre presente. Somado a isto, uma boa dose de adrenalina, derivada dos vários esportes de aventura. Acrescido pelo sossego e pela calmaria que a religiosidade propicia. Isto é Itaporanga! O mais novo destino do Sudoeste Paulista, localizada a 360 KM de São Paulo (Capital). Pra quem quer tranquilidade aqui é o local mais indicado, podendo ate  apreciar, um maravilhoso  pôr do sol do centro da cidade. Venha conhecer Itaporanga e se encante com com essa linda cidade seus atrativos.
Mosteiro Cistercience – Itaporanga – SP – Brasil / Paróquia de São João Batista
Turismo Rural
O Turismo Rural é uma atividade desenvolvida no campo, comprometida com aatividade produtiva, agregando valor a produtos e serviços e resgatando o patrimônio natural e cultural da comunidade. Itaporanga é uma vasta cidade interiorana, dominada por incontaveis fazendas. Conhecer estas fazendas, e vivenciar o dia a dia no campo, é uma experiência sem igual. V elhos costumes e um mode de vida peculiar sobrevivem nos reconditos da bela Itaporanga.
Cachoeiras, montanhas, o leite ao pé da vaca, um passeio a cavalo… Soma-se a isso as delicias da culinária, os quitutes, o cheiro da lenha queimando no fogão… O fabuloso inteiror revela muitas surprezas. Existem diversas Grutas milagrosas espalhadas pelo município, a religiosidade é uma forte característica de Itaporanga, mas foi no Bairro Maria Nogueira que Dona Maria Quaresmeira voltou a andar. Dona Maria havia sofrido um derrame e ficou com as pernas paralisadas. Como a gruta era conhecida por diversas graças alcançadas pelos fiéis que visitam o local, Dona Maria resolveu ir até lá para fazer uma visita e pedir a Nossa Senhora de Lourdes para curá-la. Quando lá chegou, seus filhos queriam carregá-la mas Dona Maria Quaresmeira dispensou a ajuda. Com muita força e fé saiu do carro sozinha, foi caminhando em direção à imagem de Nossa Senhora de Lourdes, e a partir de então voltou a andar.
Morro do Defunto foi nomeado assim devido ao seu formato.
Visto da cidade, o Morro tem a forma de um homem deitado.
O Morro está localizado na zona rural do município, entres os Bairros Santo Antonio e São Sebastião.
O morro possui várias grutas e uma área de mata nativa. O local é propício para a pratica de alguns esportes de aventura como: rapel, tirolesa, treeking, parapente, entre outros.
É sem duvida uma cidade encantadora, cheia de riquezas naturais, onde quem a visita nunca se esquece, e com certeza pede pra voltar. O povo é simplesmente acolhedor, ao primeiro contato parece-nos ser amigos de muito tempo.
Os Cistercienses
Os Cistercienses foram fundados na França, em 1098, pelos Santos Roberto, Alberico e Estevão: uma ramificação monástica do tronco beneditino. Vivem conforme a Regra de São Bento, escrita e difundida a partir da primeira metade do século VI. Com São Bernardo, amante e pregador do Cristo feito homem, a Ordem propagou-se por toda a Europa. O Mosteiro de Itaporanga foi fundado em 05 de agosto de 1936 por D. Atanásio Merkle, O. Cist., vindo com alguns membros do Mosteiro de Himmerod, na Alemanha.
A construção foi executada em grande parte pelos próprios monges, sendo até mesmo a fabricação de tijolos na olaria do Bairro Mosteirinho; a ala frontal do Mosteiro foi inaugurada em 20 de agosto de 1943. Referente à construção da Igreja Abacial e Paroquial de São João Batista, a pedra fundamental foi lançada em 29 de novembro de 1959, com a presença de S. Excia. o Sr. Bispo diocesano D. José Carlos de Aguirre. Atualmente, a comunidade está sob a direção de seu terceiro abade, D. Luis Alberto Ruas Santos, O. Cist. e conta com 26 membros, que se ocupam do ritmo litúrgico da vida monástica, das atividades internas de manutenção da casa e também atendendo a trabalhos pastorais, como direção espiritual, confissão, retiros, etc. e assumem quatro paróquias da Diocese, vinculadas ao Mosteiro.
Como Chegar a Itaporanga:


Visite Itaporanga e se encante com  as  Maravilhas Naturais reservadas para você !!!
Onde se Hospedar em Itaporanga
Hotel Ipiranga  Rua 7 Setembro, 1495
Fone: 15   3565 – 1078
Pousada do Quiririm   Rodovia Antonio Honório da Silva Km 156,6 – Serra 
Fone: 15   3556 – 1273  – 15  3556 – 2005
Ellos  Hotel Rua Bom Jesus – Centro
Fone: (15)  3105-1031

fonte dados: fabinhu / Prefeitura Municipal de Itaporanga.
You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.


Fatal error: Cannot redeclare get_leaf_dirs() (previously declared in /home/turismo/public_html/wp-content/themes/StunningPress/footer.php:34) in /home/turismo/public_html/wp-content/themes/StunningPress/footer.php on line 38